Exposição ‘O artista e a bola’ está em cartaz na Cidade das Artes | Plataforma Educativa

Exposição ‘O artista e a bola’ está em cartaz na Cidade das Artes

2014-732221390-2014070930616.jpg_20140709
A organizadora e idealizadora da exposição Renata Lima posa ao lado obra de Schwanke para reportagem da O Globo

 

A bola para de rolar neste domingo nos gramados da Copa do Mundo, mas quem gosta de futebol e de artes plásticas tem até 10 de agosto para curtir, gratuitamente, as duas paixões. É que a galeria da Cidade das Artes recebe a exposição “O artista e a bola”, com 40 obras de 30 profissionais que representam a bola em instalações, telas, fotografias e vídeos.

A exposição já passou por São Paulo, durante a Copa, e recebeu 5.800 visitantes na Oca do Ibirapuera. No Rio, que recebe o jogo final do Mundial, a expectativa da organizadora e idealizadora, Renata Lima, é que sete mil pessoas passem pela mostra, que começou na quinta:

— Não é uma exposição sobre futebol, mas está diretamente ligada ao esporte, porque fala do seu elemento principal.

Todas as obras têm formas sinuosas. De acordo com Renata, os artistas apresentam, por meio dela, uma leitura divertida e bem-humorada do cotidiano. É o caso do cearense Luiz Hermano, que juntou várias miniaturas de carrinhos de supermercado numa instalação que foi fixada na parede.

O consagrado Nelson Leiner participa com a obra “Manifestação”. A instalação tem aproximadamente 400 peças entre fotografias, caveiras, santos e outros objetos do dia a dia, e pretende provocar a reflexão.

— Dei este nome (à obra) porque o tema é atual. Tem um mapa repleto de caveiras que, para mim, reflete a atual situação das Américas. Ao mesmo tempo em que é ruidosa pela diversidade das cores, ela é silenciosa, pela nossa situação — explica.

Quem não puder comparecer à exposição ao menos terá mais tempo para contemplar a obra de Leiner. O artista doou a instalação à Cidade das Artes, onde ela ficará em exposição permanentemente.

Até 10/8. De terça a sexta, das 10h às 18h; aos sábados e domingos, das 12h às 17h. Tel.: 3325-0102.

Envie um comentário